Seja bem-vindo(a), aqui você pode fazer perguntas e receber respostas de outras pessoas da internet.
1 voto positivo 0 votos negativos
231 visitas
perguntado por (1,8K pontos)

12 Respostas

4 votos positivos 0 votos negativos
Olá!
Bom, eu muitas vezes explico o meu ponto de vista e escuto os das pessoas. Por mais que eu não concorde, não bato tanto de frente. Somente vou mostrando aquilo que eu acredito ser correto e a consistência do que falo nas minhas atitudes.
Temos que nos lembrar que o preconceito vem graças a uma cultura de vários anos de que a carne/derivados animais são as coisas mais saudáveis e corretas... Acho que todo vegetariano precisa ter um pouquinho de paciência com isso...
Quanto a piadinhas? São inúmeras! E as vezes é dificil não se chatear ou querer responder a altura.
Mas é o que ouvi de um amigo uma vez: "Mostre que você tem respeito por todos os seres, incluindo os humanos. E que por isso, você não irá desrespeitá-los em suas opiniões." Sendo assim, eu até acabo tendo um histórico de piadinhas para fazer como resposta =P
respondida por (300 pontos)
4 votos positivos 0 votos negativos
Eu acredito que um dos melhores ativismo é a interação social, é sentar em uma mesa, onde somente você é veg e conversar sobre tudo, sempre estudando, aprendendo, cooperando para ter sempre conteúdo relevante e argumentos assertivos para deixar as pessoas não veg pensando, "BAH MAS PQ MESMO Q EU COMO CARNE" este é na minha opinião o objetivo.

Quando as pessoas perdem todo o argumento, só fica a decisão de continuar comendo mesmo sabendo a verdade e fingir que esqueceu, mas uma vez que o cérebro cria esta nova possibilidade, está nova forma, estes caminhos no cerebro podem se desenvolver e em algum momento da vida desta pessoa, ela pode fazer a conexão da realidade sobre este consumo.

Sei que é difícil, chato e cansativo, mas é necessário, e como sou um vegano, isso se torna, a meu ver, obrigatório para minhas ações.

Claro que as vezes estou sem vibe, sem energia, com os outros problemas da vida, mas tento sempre por de lado e dar voz ao ativismo social, sem ser chato, sem ser intolerante (mesmo sendo, hahah), mas nesta sutil forma de comunicar, está a chave para a abertura de entrada para um possível questionamento, "PQ MESMO QUE EU COMO CARNE?" - Mas encerrando, é o que "eu" acho.
respondida por (1,8K pontos)
Excelente...super concordo.
Acredito muito nesse mesmo caminho que você citou. Educação e informação.
2 votos positivos 0 votos negativos
Respondo assim "Você tem toda a razão! Comer carne é super saudável! Os hospitais estão lotados de vegetarianos e veganos!"
respondida por (5,6K pontos)
Adorei a resposta....
2 votos positivos 0 votos negativos
Com fatos e estudos científicos.
respondida por (3,4K pontos)
2 votos positivos 0 votos negativos
Olá Silmara!

Basicamente procuro mostrar através do meu próprio estilo de vida o quão esta tese é equivocada. Procuro ser um "exemplo ambulante" de que o veganismo é sim uma opção muito saudável.

Além disso procuro mostrar exemplos de outras pessoas que são veganas e saudáveis (há diversos atletas) e estudos que comprovam.

Recentemente iniciei um blog para divulgar este tipo de coisa também e ajudar pessoas que querem se tornar veganas www.vegancoaching.com.br
respondida por (220 pontos)
Eu também procuro mostrar através do estilo de vida, já que raramente fico doente.
1 voto positivo 0 votos negativos
O convívio social é a unica dificuldade na escolha do vegetarianismo, a restrição alimentar é o menor dos problemas. Quanto lidar com as pessoas que não se cansam das piadinhas, um conselho: reveja seu círculo social, pois por mais que a pessoa não seja vegetariana/vegana o respeito é acima de tudo, tanto pra quem escolhe o a vida vegetariana quanto pra quem ainda nao se deu conta de que isso é uma atitude consciente.
respondida por (200 pontos)
1 voto positivo 0 votos negativos
Eu prefiro evitar ao máximo discutir com gente que não sabe respeitar a opinião do próximo.
Pessoas que dizem que se alimentar de carne é mais saudável, geralmente são aquelas que adoram fazer piadinhas toscas. Daí eu me deixo com 2 alternativas. Ou eu entro na brincadeira e faço piadinhas junto com a pessoa (muitas vezes dá certo, porque quando você não "dá corda" a pessoa para) ou eu começo a "meter o pau" na carne e no leite, falando todos os defeitos, usando meus melhores argumentos (raramente dá certo).
respondida por (1,4K pontos)
1 voto positivo 0 votos negativos
Não vejo como preconceito deliberado na maioria das vezes. Digo, preconceito intencional. Vejo como ignorância resultado de uma cultura fratricida contra os animais. A melhor forma de responder , penso... , é a de dizer que carne te faz passar mal. Acho que só isso ajuda bastante a não ser importunado.
respondida por (170 pontos)
1 voto positivo 0 votos negativos
...se as pessoas tem um pré-conceito mas estão realmente dispostas a discutir e ouvir, é fundamental ter paciência e educação ao explicar qualquer dúvida relacionada.
Agora, se o início da conversa é: mas a proteína da carne é fundamental, meu medico falou.
Aí eu comento sobre o tempo....e mudo de assunto.
respondida por (730 pontos)
1 voto positivo 0 votos negativos
Eu adquiri uma certa preguiça de ficar discutindo. A pessoa que pense o que quiser e se me discriminar por eu ser vegana, essa pessoa não merece minha companhia.
respondida por (4K pontos)

Perguntas relacionadas

0 votos positivos 0 votos negativos
2 respostas 116 visitas
2 votos positivos 0 votos negativos
6 respostas 147 visitas
3 votos positivos 0 votos negativos
3 respostas 145 visitas
0 votos positivos 0 votos negativos
9 respostas 225 visitas
0 votos positivos 0 votos negativos
5 respostas 598 visitas
...